cnc
sesc
senac

Fecomércio PA promove Ciclo SEGS 2018

Home / Notícias / Fecomércio PA promove Ciclo SEGS 2018

Fecomércio PA promove Ciclo SEGS 2018

04/10/2018 15:53:23

Promover a capacitação e buscar a melhoria da representatividade das entidades sindicais patronais é um dos objetivos do Sistema de Excelência em Gestão Sindical (SEGS), programa promovido pela Fecomércio PA em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Durante dois dias (20/09 e 04/10), vinte e dois dos vinte e quatro sindicatos filiados à Fecomércio PA participaram do Ciclo SEGS 2018, que foi apresentado pelos consultores sindicais da CNC, Matheus Dorneles e Alexandre Marcelo e pela assessora econômica da Federação, Lúcia Cristina Lisboa.

Em 2018, o Ciclo SEGS apresentou algumas alterações, sendo pautado em seis eixos discutidos durante o Congresso Nacional do Sicomércio, ocorrido em 2015. Entre os principais eixos que norteiam o Ciclo SEGS 2018, destacam-se as Relações Sindicais, Atuação Legislativa, Atuação Gerencial, Produtos e Serviços, Comunicação Institucional e Representações. A grande novidade do modelo do SEGS é que ele foi atualizado para refletir a realidade das entidades sindicais.

"Antes desse modelo atual nós trabalhávamos com um modelo bastante abrangente, mas que era de uma atuação mais gerencial. Agora nós temos o foco nas atividades fins das entidades, isto é, atuação legislativa, relações sindicais e representações. O novo modelo direciona para que a entidade se avalie e tenha seu diagnóstico baseado em sua atuação sindical" - destacou o consultor Alexandre Marcelo.

Para o presidente do Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Santarém, Salustiano Figueira Castro, o SEGS é uma excelente ferramenta para estimular os representantes sindicais na defesa dos interesses de seus representados, sobretudo com o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical. "Primeiramente é importante destacar ações como essas, promovidos pela CNC e pela Federação. Com o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, as entidades patronais passaram a ter algumas dificuldades e esse espaço estimula os representantes sindicais a procurarem soluções para garantir a auto-sustentação das entidades" - pontuou.

Participando pela primeira vez do Ciclo SEGS, o vice presidente do Sindicato do Comércio de Capanema e Regiões Guajarina, Salgado e Bragantina, Antônio Ferreira Filho, destacou a importância da assessoria legislativa na defesa efetiva do segmento do comércio de bens, serviços e turismo. "Com a não obrigatoriedade da contribuição sindical, o sindicato tem que mostrar ao seu associado que cuida de seus interesses. Questões relacionadas ao governo, por exemplo, é importante que os sindicatos tenham acesso às Câmaras Municipais, que possam acompanhar as matérias que estão tramitando e quais impactos elas podem ter na atividade produtiva. Na minha visão, esse ponto é de extrema importância" - assinalou.

Texto: Adriano Abbade
Fotos: Giselle Burlamaqui e Adriano Abbade

Galeria de imagens